Processo

O processo é iniciado com a recepção de azeitona .

Após a descarga a azeitona é levada para o tapete para ser cuidadosamente lavada e pesada onde é removido todo o tipo de impurezas sólidas, nomeadamente: Folhas, ramos, pedras e terra.  

Após a higienização são armazenadas e identificadas em caixas próprias para efeito. São em seguida trituradas pelo moinho de discos, no que resulta uma pasta de azeitona que é bombeada para as batedeiras e é aqui que se inicia a primeira extração mecânica. Graças a movimentos lentos e contínuos, durante cerca de 50 a 60 minutos, que se faz a primeira separação do azeite. A nossa extração é realizada a frio com temperaturas inferiores a 28ºC, para assim garantirmos máxima qualidade do produto bem como a conservação das suas propriedades organoléticas e compostos fenólicos.

Em seguida, esta pasta é enviada para o decanter, que irá separar as massas em duas fases: o azeite clarificado e o bagaço de azeitona.

Por fim, o azeite é enviado para a centrifuga vertical e é aqui que se separa o azeite de alguma água residual que possa existir e ainda das impurezas líquidas, para isso é introduzido água na centrifuga para existir dois líquidos com densidades diferentes e ase assim realizar a separação do azeite.

A partir daqui o azeite é pesado para obtermos o rendimento da azeitona e verificarmos ainda através de uma titulação a acidez do azeite. Em seguida é enviado para as cubas de armazenamento onde fica a decantar cerca de dois a três mesesao abrigo da luz e oxigénio.

É muito importante termos o máximo cuidado no armazenamento e higiene a fim de preservar as suas qualidades.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart